Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Petróleo tem leve alta e fecha a US$ 99,68 o barril

Na semana o avanço acumulado é de 6,6%

Álvaro Campos, da Agência Estado,

23 de dezembro de 2011 | 19h16

NOVA YORK - Os contratos futuros de petróleo negociados na New York Mercantile Exchange (Nymex) fecharam em leve alta, após indicadores econômicos positivos nos EUA, embora o volume de negociação tenha sido o mais baixo do ano. O contrato para fevereiro ganhou US$ 0,15 (0,15%), a US$ 99,68 o barril. Na semana o avanço acumulado é de 6,6%. O petróleo Brent para fevereiro subiu US$ 0,07 (0,06%), a US$ 107,96 o barril na plataforma ICE.

O petróleo foi impulsionado pelo aumento de 3,8% nas encomendas de bens duráveis em novembro. O setor manufatureiro é um importante consumidor de petróleo. "Qualquer coisa que indique que a economia está se fortalecendo deve ajudar a impulsionar os preços", comentou Peter Beutel, presidente da consultoria Cameron Hanover.

Mas o aumento nas encomendas de bens duráveis se deve basicamente à demanda por aeronaves civis. Juntamente com aumentos ínfimos na renda pessoal e nos gastos dos consumidores nos EUA, os traders do mercado de petróleo estavam relutantes em mostrar muito otimismo. "Não existe volume nenhum. Ninguém está comprando", afirmou Mark Waggoner, presidente da Excel Futures.

Em dezembro, os futuros de petróleo têm oscilado perto da marca de US$ 100 o barril. A crise da dívida na Europa tem impedido ganhos muito acima desse nível, mesmo com indicadores melhores nos EUA fornecendo um suporte para os preços, com os traders esperando um aumento na demanda nos próximos meses. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
petróleoNova York

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.