Petróleo tem maior nível em 2 semanas após estoques

Os contratos futuros de petróleo negociados na New York Mercantile Exchange (Nymex) fecharam em alta nesta quarta-feira, 24, acima de US$ 90 o barril, no maior nível em duas semanas. A commodity foi impulsionada pelo aumento menor do que o esperado nos estoques dos Estados Unidos.

Agencia Estado

24 de abril de 2013 | 16h45

O contrato de petróleo mais negociado, com entrega para junho, ganhou US$ 2,25 (2,52%), encerrando a US$ 91,43 o barril, o maior nível desde o último dia 11. Na plataforma eletrônica ICE, o barril do petróleo tipo Brent com entrega para maio avançou US$ 1,42 (1,42%) e terminou a US$ 101,73.

Os estoques de petróleo bruto dos EUA subiram 947 mil barris na semana encerrada em 19 de abril, para 388,588 milhões de barris, informou mais cedo o Departamento de Energia (DoE, na sigla em inglês) do governo norte-americano. Analistas consultados pela Dow Jones tinham previsto alta maior nos estoques, de 1,2 milhão de barris.

"Não é uma surpresa ver a continuação da força após os números do governo, especialmente com a fraqueza que vimos na última semana", disse Tariq Zahir, da Tyche Capital Advisors.

Os preços do petróleo caíram mais de 6% este mês, prejudicados por preocupações com a demanda global da commodity. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
petróleofechamento

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.