Petróleo tem queda com baixa liquidez

 O mercado opera na expectativa de decisões de política monetária nos EUA e na Europa

30 de abril de 2013 | 08h06

Os contratos futuros de petróleo operam em ligeira queda, numa sessão de baixa liquidez, no último dia de um mês que deve ser encerrado com perdas. Às 7h52 (de Brasília), o brent para junho tinha ligeira queda de 0,10% na ICE, para US$ 103,71 por barril, enquanto na Nymex, o contrato equivalente recuava 0,30%, para US$ 94,22 por barril.

O mercado de petróleo tem poucos negócios em meio à divulgação de indicadores relevantes nesta terça-feira, 30, e à espera de decisões de política monetária nos EUA e na Europa. Há pouco, foi anunciado que a taxa de desemprego na zona do euro subiu de 12% em fevereiro para 12,1% em março, o maior nível desde 1995, quando o dado começou a ser compilado.

Os investidores agora aguardam as reuniões do Federal Reserve - o banco central dos EUA -, amanhã, e do Banco Central Europeu (BCE), nesta quinta-feira. Desde a semana passada, tem crescido a expectativa de que o BCE anuncie corte de juros para estimular a economia no bloco do euro.

Antes disso, porém, o American Petroleum Institute (API) publica no fim da tarde desta terça-feira, 30, o relatório semanal sobre os estoques de petróleo bruto dos EUA. Os contratos de petróleo são sensíveis a indicadores macroeconômicos e decisões de política monetária, que podem dar indicações da demanda futura pela commodity. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
petróleoaixa

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.