Petróleo tem queda forte em Nova York e Londres

O preço do petróleo registra forte queda nos mercados internacionais. A aceleração no ritmo de baixa, segundo operadores, ocorre por conta da divulgação, feita hoje, dos estoques da commodity e derivados nos Estados Unidos. O Departamento de Energia norte-americano apontou que o nível dos estoques de petróleo subiu 6,8 milhões de barris, na semana terminada em 12 de janeiro, para 321,5 milhões. Analistas consultados pela Dow Jones previam que os estoques tivessem um crescimento de 325 mil barris. Já o American Petroleum Institute (API), do setor privado, informou que os estoques de petróleo bruto dos EUA apresentaram alta de 7,616 milhões de barris na semana até 12 de janeiro, para 322,285 milhões de barris. Esses resultados levaram, às 17h26, o contrato futuro de petróleo com vencimento em fevereiro negociado na Bolsa Mercantil de Nova York (Nymex) para US$ 50,35 por barril, em baixa de 3,62%. Na ICE, em Londres, o contrato para março recuava 2,14%, a US$ 51,65.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.