Petróleo tem queda leve à espera de decisão da Opep

Os contratos futuros do petróleo operam em queda moderada nesta manhã, abaixo de US$ 60,00 o barril na Bolsa Mercantil de Nova York (Nymex) e na plataforma ICE, de Londres. Os investidores aguardam esclarecimentos da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) sobre eventual corte na produção do grupo. Embora as informações transmitidas ontem por fontes da Opep, de corte de 1 milhão de barris diários da produção do cartel, pareçam críveis, investidores estão reticentes em apostar na hipótese até que seja confirmada oficialmente. Segundo operadores, os vendedores têm prevalecido a qualquer ganho que projete o contrato para acima de US$ 60,00 o barril, com os números sobre os estoques norte-americanos esfriando o ímpeto de compra. Nesta manhã, o presidente da Opep, Edmund Daukoru, disse que os países membros continuam em consulta para resolver se haverá ou não convocação de reunião extraordinária para discutir um corte na produção. Ele acrescentou que parece crescer o consenso para redução de 1 milhão de barris na produção. Às 9h12 (de Brasília), o contrato de novembro do petróleo negociado na sessão eletrônica da Nymex caía 0,55% para US$ 59,70 o barril. Na plataforma ICE, de Londres, o contrato de mesmo vencimento cedia 0,60 para US$ 59,64 o barril. As informações são da Dow Jones.

Agencia Estado,

06 de outubro de 2006 | 09h13

Tudo o que sabemos sobre:
finanças

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.