Petróleo termina em alta com temor de tempestade

Os contratos futuros de petróleo fecharam em alta na Bolsa Mercantil de Nova York (Nymex) e na Bolsa Internacional de Commodities (ICE, de Londres), depois de quatro dias consecutivos de quedas. O mercado reagiu às previsões da Planalytics, de que uma tempestade tropical poderá acontecer na parte centro-sul do Golfo do México entre segunda-feira e terça. "Ela poderá atingir a área ao sul de Nova Orleans, logo ao sul das plataformas de petróleo e gás. O que preocupa é que as tempestades que têm se movido sobre bolsões de água quente têm se tornado muito intensas. Quando os furacões Katrina e Rita passaram sobre as águas quentes do Golfo, no ano passado, ambas ficaram muito intensas", disse o meteorologista Jim Rouiller, da Planalytics. Para o analista Phil Flynn, da Alaron Trading, "o mercado está muito sensível a quaisquer mudanças de clima, especialmente porque estamos chegando ao fim de semana, quando os operadores não têm como reagir. O mercado sabe que não tem como suportar mais um furacão no Golfo do México".¨ Na Nymex, os contratos de petróleo bruto para setembro fecharam a US$ 71,14 por barril, em alta de US$ 1,08; a mínima foi em US$ 69,60 e a máxima em US$ 71,19. Na ICE, os contratos do petróleo Brent para outubro fecharam a US$ 72,30 por barril, em alta de US$ 0,72, com mínima em US$ 71,35 e máxima em US$ 72,65. As informações são da Dow Jones.

Agencia Estado,

18 de agosto de 2006 | 17h11

Tudo o que sabemos sobre:
finanças

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.