Petróleo termina em alta de 4,17% com acordo na União Europeia

Na Nymex, o contrato do petróleo para dezembro fechou em alta de 4,17% e na plataforma eletrônica ICE, de 2,91%

Regina Cardeal, da Agência Estado,

27 de outubro de 2011 | 18h48

Os preços dos contratos futuros de petróleo subiram 4,17% nesta quinta-feira, depois de a Europa anunciar um acordo sobre a dívida da Grécia e os dados dos EUA mostrarem que a economia norte-americana apresentou seu melhor desempenho trimestral no ano.

Na Nymex, o contrato do petróleo para dezembro fechou em alta de US$ 3,76, ou 4,17%, em US$ 93,96 o barril. É o preço mais alto em fechamento desde 1º de agosto. Na plataforma eletrônica ICE, o contrato de dezembro do petróleo do tipo Brent subiu US$ 3,17, ou 2,91%, para US$ 112,08 o barril, maior patamar desde 14 de outubro.

O plano acertado pelos líderes europeus para reduzir a dívida soberana da Grécia também deve ampliar o fundo de ajuda financeira para a zona do euro a US$ 1,4 trilhão para conter o potencial contágio da crise da dívida no continente.

Os fortes ganhos do euro em relação ao dólar em resposta ao acordo ajudaram a aumentar a demanda por petróleo, disseram traders. O recuo do dólar torna o petróleo mais barato para compradores com outras moedas.

Esta manhã, o Departamento do Comércio informou que o Produto Interno Bruto (PIB) dos EUA cresceu 2,5% no terceiro trimestre, depois de crescer 0,4% no primeiro e 1,3% no segundo trimestre. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
petróleopacoteUE

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.