Petróleo termina em queda após documento do Fed

Os contratos futuros do petróleo fecharam em queda nesta quarta-feira, 21, com os preços recuando abaixo de US$ 104 o barril em Nova York após a divulgação da ata da reunião de política monetária do Federa Reserve (Fed, o banco central dos Estados Unidos).

Agencia Estado

21 de agosto de 2013 | 17h30

A ata mostrou que os membros do Fed estão na trajetória de começar a retirar ainda neste ano as medidas de estímulo do banco central à economia do país.

Os traders do mercado de petróleo também avaliaram o relatório dos estoques nos EUA, que mostrou uma queda um pouco acima das previsões e um forte declínio dos estoques da gasolina.

O Departamento de Energia (DoE) disse que os estoques de petróleo bruto dos EUA caíram 1,428 milhão de barris na semana encerrada em 16 de agosto, para 359,062 milhões de barris. Analistas previam uma queda de 1,3 milhão de barris. Os estoques de gasolina recuaram 4,029 milhões de barris, para 218,401 milhões de barris, superando uma previsão de queda de 1,3 milhão de barris.

O contrato do petróleo para outubro negociado na New York Mercantile Exchange (Nymex) caiu 1,2%, ou US$ 1,26, e encerrou cotado em US$ 103,85 o barril. Na plataforma ICE, em Londres, o contrato do petróleo para outubro recuou 0,34%, e terminou a US$ 109,81 o barril. Fonte: Dow Jones Newswires.

Tudo o que sabemos sobre:
petróleo

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.