Petróleo termina em queda por estoques altos nos EUA

Os contratos futuros de petróleo negociados na New York Mercantile Exchange (Nymex) fecharam em baixa nesta quarta-feira, 35, no menor nível desde 3 de julho, após uma surpreendente alta nos estoques dos Estados Unidos.

Agencia Estado

25 de setembro de 2013 | 17h02

O contrato de petróleo mais negociado, com entrega para novembro, caiu US$ 0,47 (0,46%), terminando a US$ 102,66 o barril. Na plataforma eletrônica ICE, o barril de petróleo do tipo Brent para outubro recuou US$ 0,32 (0,29%), encerrando a sessão a US$ 108,32.

Os estoques de petróleo bruto dos EUA subiram 2,635 milhões de barris na semana encerrada em 20 de setembro, para 358,26 milhões de barris. Analistas ouvidos pela Dow Jones previam uma queda de 900 mil barris.

Fawad Razaqzada, analista técnico da GFT Markets, afirmou que o cenário de oferta e demanda aponta para preços menores do petróleo. "Os riscos geopolíticos estão diminuindo e, ao mesmo tempo, a produção de petróleo está aumentando. A perspectiva de demanda não mudou muito, uma vez que não vimos nada extraordinário - bom ou ruim - nas maiores economias do mundo recentemente", afirmou. Fonte: Dow Jones Newswires.

Tudo o que sabemos sobre:
petróleo

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.