Petróleo volta a cair e é negociado a US$ 58 por barril

Os contratos de petróleo negociados na Bolsa Mercantil de Nova York (Nymex) voltaram a cair após os dados de estoques do combustível não conseguirem jogar os preços para cima. Às 16h42 (de Brasília), na Nymex, os contratos para março caíam US$ 0,80, ou -1,36%, para US$ 58,08. Na ICE londrina, os contratos para março caíam US$ 0,96, ou -1,64%, para US$ 57,46. Segundo Michael Cambria, da PNDR Energy, a incapacidade de atingir o nível de US$ 60 por barril pelo terceiro dia consecutivo está pressionando os preços do petróleo. Segundo dados do Departamento de Energia dos EUA (DoE), os estoques de petróleo caíram 400 mil barris na semana que terminou em 2 de fevereiro em comparação com a semana anterior, para 324,5 milhões de barris, ante uma previsão de alta de 950 mil barris. As informações são da Dow Jones.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.