Petróleo volta a seguir gasolina e supera US$ 72 em NY

As preocupações com o fechamento de um importante canal de navegação na costa do Golfo do México continuam sustentado os preços da gasolina e puxando as cotações do petróleo em alta nesta manhã. O contrato de agosto do petróleo negociado na New York Mercantile Exchange (Nymex) supera US$ 72,00 o barril. O fechamento do canal de navegação Calcasieu, na Louisiana, em virtude de um derramamento de óleo na semana passada, forçou quatro refinarias na região a reduzirem sua produção. Uma das quatro refinarias, a unidade da ConocoPhilips em Lake charles (Louisiana), informou ontem que estava operando a "taxas mínimas", enquanto a unidade da Citgo Petroleum Corp foi vista comprando gasolina no mercado à vista da Costa do Golfo. Pela manhã, o contrato de gasolina para agosto negociado no pregão eletrônico da Nymex subia 0,44% para US$ 2,1810 o galão. O contrato de agosto do petróleo avançava US$ 0,54 (0,75%) para US$ 72,34 o barril. A reação às dificuldades de abastecimento pelo canal de Louisiana no mercado é acentuada pela proximidade do feriado de 4 de julho, quando um grande número de norte-americanos costuma viajar. Havia expectativa entre alguns operadores que os problemas no canal fossem solucionados no final de semana, mas agora as previsões são de que o fluxo só será retomado em pelo menos sete dias, disse um operador. As informações são da Dow Jones.

Agencia Estado,

27 de junho de 2006 | 08h26

Tudo o que sabemos sobre:
finanças

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.