Plataforma afretada pela Petrobras está a caminho do campo de Garoupa

A plataforma Cidade de Armação dos Búzios, afretada para a Petrobras pela empresa Etesco Millenium, cruzou hoje a Baía da Guanabara rumo ao campo de Garoupa, na Bacia de Campos, onde deve chegar até o final da semana. A plataforma foi afretada por um período de quatro anos (renováveis por mais quatro) e vai custar US$ 68 mil diários à estatal. A unidade foi construída a partir de uma sonda de perfuração e será a primeira do tipo no País a dar apoio a oito campos de petróleo. Ela vai substituir unidades hoje em operação, que vão passar por manutenção para melhorarem sua capacidade de recuperação de óleo nos campos em que estão instaladas. De acordo com projeções feitas pela Petrobras, a utilização da unidade permitirá elevar as reservas nos oito campos em cerca de 400 milhões de barris.A plataforma deve ficar em cada locação por cerca de seis meses. A unidade tem capacidade para abrigar cerca de 260 pessoas e comporta oficinas mecânicas e elétricas, área de pintura e uma unidade de conversão de água salgada para doce.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.