Portugal vende € 750 mi em títulos e Bolsa de Lisboa sobe

Retorno médio ao investidor foi de 4,029% em comparação com a taxa de 5,281% oferecida no leilão realizado no dia 1º de dezembro

Clarissa Mangueira, da Agência Estado,

19 de janeiro de 2011 | 09h16

O governo de Portugal vendeu € 750 milhões em títulos denominados T-Bills com vencimento em 2012 no leilão realizado nesta quarta-feira, com yield (retorno ao investidor) médio de 4,029%, em comparação com o yield de 5,281% oferecido no leilão anterior, realizado no dia 1º de dezembro. A relação entre ofertas feitas e ofertas aceitas (bid-to-cover) foi de 3,1, de 2,5 na oferta anterior. Após o leilão, a Bolsa de Lisboa reverteu suas perdas e por volta das 9h27 (de Brasília), subia 0,26%.

"O leilão confirmou que Portugal conseguiu acessar o mercado, mas com um alto custo", afirmou Chiara Cremonesi, estrategista do banco UniCredit em Londres. Segundo ela, embora o yield médio tenha caído acentuadamente em relação à oferta anterior, a taxa ainda é muito alta em termos absolutos. "O bom resultado no leilão de hoje tranquilizará, provavelmente, os investidores, mas nós continuamos cautelosos, enquanto o sentimento fundamental permanece frágil e a incerteza ainda é elevada", ressaltou a estrategista. As informações são da Dow Jones.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.