Portx protocola pedidos de adesão a novo mercado

SK Networks subscreverá e integralizará antecipadamente novas ações ON de emissão da MMX, no âmbito no seu aumento de capital privado, na próxima quinta-feira (28)

Eulina Oliveira, da Agência Estado,

25 de outubro de 2010 | 12h19

A PortX Operações Portuárias, nova denominação da Centennial Asset Participações Sudeste, protocolou pedido de adesão ao segmento de listagem do Novo Mercado da BM&FBovespa e de aprovação de um Programa de Global Depositary Receipts (GDRs) Nível I perante a Comissão de Valores Mobiliários (CVM). Além disso, a companhia informa que alterou a composição de sua diretoria executiva em reunião do conselho de administração realizada na última quinta-feira.

 

Conforme o fato relevante divulgado na noite de sexta-feira, a adesão da PortX ao Novo Mercado, o programa de GDRs e a alteração da composição da diretoria executiva da companhia se inserem no contexto da cisão parcial da LLX Logística, do Grupo EBX, do empresário Eike Batista. A operação de cisão faz parte de acordo firmado entre a MMX Mineração e Metálicos (também do Grupo EBX), a LLX e a agora PortX com a coreana SK Networks. Os contratos preveem que a SK Networks irá subscrever 85.490.940 novas ações ordinárias da MMX, no valor de R$ 1,193 bilhão, pelo preço por ação de R$ 13,963. Além disso, a MMX fará uma oferta pública voluntária de permuta para adquirir dos acionistas da LLX e da PortX 100% da participação na LLX Sudeste.

 

A PortX contratou o Itaú Unibanco como instituição custodiante e o Bank of New York Mellon como instituição depositária do programa de GDRs. De acordo com o fato relevante, o programa de GDRs "visa permitir que os atuais detentores de GDRs lastreados em ações de emissão da LLX, após a efetivação da cisão, passem a deter GDRs lastreados em ações da PortX, na mesma proporção da participação detida por tais detentores de GDRs no capital social da LLX. Assim, cada GDR equivalerá a uma ação ordinária de emissão da PortX".

 

Ainda segundo o comunicado, o programa de GDRs da PortX será efetivo a partir da data em que as ações da companhia passarem a ser negociadas separadamente na BM&FBovespa.

 

Em relação à alteração da composição da diretoria, Otávio de Garcia Lazcano foi nomeado o novo diretor presidente e de Relações com Investidores da PortX, em substituição a Flavio Godinho e Paulo Gouvea, respectivamente.

 

Aumento de capital da MMX

 

A SK Networks subscreverá e integralizará antecipadamente novas ações ordinárias de emissão da MMX, no âmbito no seu aumento de capital privado, na próxima quinta-feira (28). Eike Batista e a Centennial Asset Mining Fund (CAMF) cederam seus direitos de preferência na subscrição de novas ações, permitindo que o grupo coreano subscreva as 85.490.940 novas ações ON da MMX, pelo valor total de R$ 1,193 bilhão, e que os titulares das debêntures MMX subscrevam 26.904.332 novas ações ON da MMX pelo preço total de R$ 375,665 milhões.

 

O aumento do capital social da MMX deverá atingir o valor de até R$ 3,723 bilhões, mediante a emissão de até 266.680.933 novas ações ON, pelo preço de R$ 13,963 por ação.

 

Os acionistas detentores de ações ordinárias da MMX no dia 30 de setembro de 2010 terão direito de preferência na subscrição do aumento do capital, à razão de 0,5638392422223 ação por ação já detida. O direito de preferência deverá ser exercido até o próximo dia 3 de novembro.

Tudo o que sabemos sobre:
PortXnovo mercadoMMX

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.