Possível aquecimento da economia dos EUA é foco dos investidores

São Paulo, 22 de junho - Apesar de terem sido reduzidas as incertezas quanto ao rumo da taxa de juros nos EUA (a maioria dos analistas prevê aumento de 0,25 ponto porcentual no fim do mês), o mercado ainda olha atento para indicadores que possam reforçar ou enfraquecer suas previsões. Os dados sobre a atividade do país e sobre o número de pedidos de auxílio-desemprego fazem parte da lista, pois podem indicar se a economia dos EUA está aquecida ou não. EUA/Atividade - O Federal Reserve (banco central dos EUA) de Chicago divulga, às 11 horas, o índice de atividade nacional de maio. EUA/Desemprego - O Departamento do Trabalho dos EUA divulga, às 9h30, o número de pedidos de auxílio-desemprego feitos na semana até 17 de junho. Na semana até 10 de junho foram feitos 295 mil pedidos, 8 mil a menos do que na semana precedente. Fed/Discurso - Às 14h10, a presidente do Federal Reserve (Fed, banco central dos EUA) de Cleveland, Sandra Pianalto, discursa na abertura de conferência da instituição sobre desenvolvimento comunitário. FGV/IGP-M - A Fundação Getúlio Vargas (FGV) divulga, às 8 horas, a segunda prévia de junho do Índice Geral de Preços - Mercado (IGP-M). Na primeira pesquisa do mês, o IGP-M registrou alta de 0,27%. IBGE/Desemprego - O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulga, às 9h30, o resultado da pesquisa de emprego de maio. Em abril, a taxa de desemprego ficou estável (na comparação com março) em 10,4%. EUA/Antecedentes econômicos - Às 11 horas, a Conference Board divulga o índice dos indicadores antecedentes da economia referente a maio. Em abril, houve recuo de 0,1%. EUA/Gás - Às 11h30, o Departamento de Energia dos EUA divulga o nível dos estoques norte-americanos de gás natural na semana até 16 de julho. EUA/Moeda - Às 17h30, o Federal Reserve (banco central dos EUA) divulga os dados da oferta monetária na semana até 17 de junho.

Agencia Estado,

22 de junho de 2006 | 07h00

Tudo o que sabemos sobre:
agenda

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.