Preço baixo do petróleo é estímulo, diz BC alemão

O presidente do Banco Central da Alemanha (Bundesbank), Jens Weidmann, está questionando a necessidade do Banco Central Europeu (BCE) adotar um novo programa de compra de bônus quando o continente está sendo "presenteado por um programa de estímulo" com os preços baixos do petróleo.

Estadão Conteúdo

28 Dezembro 2014 | 12h04

O BCE está considerando se e como oferecerá mais estímulo para a economia da zona do euro, que ainda enfrenta dificuldades. Umas das possibilidades estudadas seriam as compras em larga escala de bônus do governo, uma ideia impopular na Alemanha.

Weidmann, que é membro do conselho do BCE, afirmou ao jornal Frankfurter Allgemeine Sonntagszeitung, que as projeções de crescimento para o próximo ano não refletem a extensão da queda do preço do petróleo - então o crescimento poderá ser melhor que o esperado. Sobre as possíveis compras de bônus, o presidente do Bundesbank afirmou: "Nós estamos sendo presenteados por um programa de estímulo, então por que usar além disso política monetária?" Fonte: Associated Press.

Mais conteúdo sobre:
BCAlemanhaPetróleo

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.