Preços de imóveis na China avançam em setembro

Os preços de imóveis residenciais da China subiram em setembro, impulsionado pela valorização dos imóveis nas grandes cidades, o que preocupa as autoridades locais.

AE, Agencia Estado

22 de outubro de 2013 | 04h49

O crescimento dos preços de imóveis subiu pelo oitavo mês consecutivo em relação ao mesmo período do ano passado, sinalizaram os dados divulgados nesta terça-feira pelo Escritório Nacional de Estatísticas do país. Em setembro, os preços das casas subiram em 69 das 70 cidades, igualando o registro de agosto.

Na comparação mensal, os ganhos de preços registraram ligeira movimentação, indicando que medidas de aperto do governo tiveram um impacto limitado sobre o mercado. Na relação mensal, os preços de casas subiram em 65 das 70 cidades. Os preços caíram em duas cidades e permaneceram inalterados em três. Em agosto, os preços subiram em 66 cidades.

Os preços nas 70 cidades aumentaram em média 0,67% em setembro ante agosto. Eles haviam subido 0,79% em agosto e 0,68% em julho na comparação mensal, segundo cálculos do The Wall Street Journal. Na comparação anual, os preços subiram em média 8,19% no nono mês do ano, ante altas de 7,48% em agosto e de 6,70% em julho. Fonte: Dow Jones Newswires.

Tudo o que sabemos sobre:
chinapreçosimóveis

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.