Presidente da Petrobras cancela viagem para Bolívia

O presidente da Petrobras, José Sérgio Gabrielli, não vai mais a La Paz para discutir o preço do gás boliviano vendido ao Brasil. A informação é da assessoria de imprensa da Petrobras. A decisão de Gabrieli se deu após anúncio do governo boliviano de assumir as refinarias da Petrobras, sem nenhum pagamento.A delegação brasileira que embarcaria para La Paz seria chefiada por Gabrieli e pelo ministro de Minas e Energia, Silas Rondeau. Até as 10h15, o ministério não confirmou o adiamento da viagem.

Agencia Estado,

14 de setembro de 2006 | 11h40

Tudo o que sabemos sobre:
empresas

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.