Presidente da Telecom Italia diz que pode vender TIM no Brasil

O presidente da Telecom Itália, Marco Tronchetti Provera, disse ao primeiro-ministro italiano, Romano Prodi, que a companhia poderia fortalecer sua posição financeira por meio da venda de sua fatia na Telecom Brazil (a operadora móvel TIM), avaliada entre 7 bilhões e 9 bilhões de euros. A informação consta de um comunicado divulgado pelo governo italiano hoje. O governo daquele País pediu que o controle da Telecom Itália permaneça em mãos italianas e, de acordo com comunicado oficial, "Tronchetti Provera garantiu a Prodi que o controle italiano da Telecom Itália é uma condição irrevogável e que a contraparte (o magnata Rupert Murdoch) já foi informada", segundo o governo.No mesmo comunicado, o governo italiano diz que não foi informado sobre qualquer plano de reestruturação da Telecom Itália. Na segunda-feira, o grupo anunciou que promoveria a cisão dos negócios de telefonia fixa e celular.Uma série de boatos envolvendo a Telecom Itália surgiram na imprensa européia nas últimas semanas. Uma possível venda do grupo para a News Corp., de Murdoch, já foi tema de reportagens, embora tanto o grupo italiano quando o empresário neguem. Na semana passada, Murdoch e Provera encontraram-se, mas disseram ter discutido apenas troca de conteúdo. Ao governo, Provera também teria dito que está estudando opções alternativas à News Corp., incluindo a Time Warner e a General Electric. Na companhia italiana não foi encontrado executivo disponível para comentar o assunto. As informações são da Dow Jones.

Agencia Estado,

13 de setembro de 2006 | 16h00

Tudo o que sabemos sobre:
empresas

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.