Pressionado por um dólar fraco, índice Nikkei encerra em baixa

Recuo chegou a 0,7%, após mercados registrarem três dias seguidos de alta

26 de novembro de 2013 | 05h49

A Bolsa de Tóquio fechou em queda, pressionada pela desvalorização do dólar e pela realização de lucros. O índice Nikkei caiu 0,7%, para 15.515,24 pontos, encerrando uma série de três altas.

As ações de grande representatividade no índice absorveram a maior parte da pressão vendedora. As ações da Fanuc perderam 1,9%, as da KDDI perderam 2,2% e as da Honda Motor recuaram 1,9%. As do SoftBank caíram 0,5%, depois de saltarem 5,4% na véspera.

O enfraquecimento do dólar também ajudou a pressionar o índice. No momento de fechamento da Bolsa de Tóquio, a moeda era negociada a 101,50 ienes, de 101,87 ienes no dia anterior. O contrato para dezembro do Nikkei 225, que ultimamente ganhou destaque por estar relacionado aos movimentos do iene, fechou em baixa de 0,6%.

"Mesmo uma pequena pausa na tendência de enfraquecimento do iene atrai a realização de lucros", disse Kenichi Hirano, analista de mercado da Tachibana Securities. Para ele, o ambiente para investir em ações continua amigável, com os investidores confiantes sobre o futuro da política do banco central.

A semana mais curta nos EUA, devido ao feriado de ação de graças, também deve levar as negociações no Japão a atingirem um volume negociado menor. "Por enquanto, o dólar aparenta estar em uma nova ''zona de conforto'' de 101 ienes", afirmou um diretor de negociação de ações em uma corretora estrangeira. Fonte: Dow Jones Newswires.

Tudo o que sabemos sobre:
Japãobolsa

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.