Previdência complementar garante tranqüilidade no futuro

A previdência privada é uma forma de poupança de longo prazo que irá complementar a renda que você irá receber da Previdência Social (INSS). Esse rendimento extra vai evitar que você sofra uma redução muito grande de sua renda quando se aposentar. Por isso, se sua renda é superior ao teto de benefício do INSS, você deve se preocupar em formar uma poupança, seja por meio da previdência privada ou de recursos administrados por conta própria.Como os benefícios da previdência oficial estão sendo revistos em todo o mundo, as regras atuais podem ser alteradas a qualquer momento. Uma proposta em discussão em diversos países , por exemplo, é a garantia de uma renda mínima e uniforme para todos os cidadãos, independente das contribuições realizadas.Tecnicamente falando, o processo de poupança para uma renda complementar à aposentadoria oficial consiste de duas fases. Na primeira, você acumula capital. Durante todo esse processo, esses recursos receberão rendimentos. Na segunda fase, que coincide com a aposentadoria para a maioria das pessoas, mas não necessariamente, é o momento de receber os benefícios. Regra geral, nesta fase você não faz novas acumulações, embora se beneficie do rendimento sobre o capital acumulado.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.