Principais bolsas européias fecham em alta

As principais bolsas européias fecharam em alta nesta quarta-feira, sustentadas por ações de farmacêuticas, empresas de mídia e fabricantes de automóveis. Em Londres, o índice FT-100 fechou em alta de 16,20 pontos, ou 0,27%, aos 6.007,50 pontos, o maior nível de fechamento em cinco anos. A bolsa foi ajudada por ações do setor imobiliário, que subiram forte, depois de o ministro de Finanças do Reino Unido, Gordon Brown, ter assegurado que empreendedoras imobiliárias serão introduzidas no país como planejado. GUS subiu 3,4%, depois de o Telegraph ter informado que a companhia rejeitou uma oferta de um consórcio norte-americano, avaliada em 7 bilhões de libras, para comprar uma de suas divisões. Em Frankfurt, o índice Dax fechou em alta de 20,45 pontos, ou 0,35%, aos 5.932,31 pontos. BMW subiu 5,2%, beneficiada por comentários positivos do Morgan Stanley sobre as vendas do grupo no primeiro trimestre, e Volkswagen avançou 4,5%, depois de ter seu sua estimativa de ganho por ação elevada pelo Citigroup. Em Paris, o CAC-40 subiu 46,22 pontos, ou 0,9%, para 5.194,78 pontos. Sanofi-Aventis disparou 8,4%, depois de ter afirmado, em conjunto com a Bristol-Myers Squibb, que fechou um acordo com a Apotex para que esta última não lance um genérico do medicamento Plavix antes de setembro de 2011. A notícia ajudou outros papéis do setor (AstraZeneca, +1,2%; e GlaxoSmithKline, +0,3%). A Bolsa de Milão fechou com o índice S&P/Mib em baixa de 83 pontos, ou 0,22%, aos 38.519 pontos. Em Madri, o índice Ibex-35 subiu 18,20 pontos, ou 0,15%, para 11.951,60 pontos, beneficiado pelos ganhos em Wall Street. Acciona caiu 1,4%, com realização de lucros, depois dos ganhos de ontem, e Prisa subiu 2%. O mercado não reagiu ao anúncio de cessar-fogo permanente do grupo separatista basco ETA. A Bolsa de Lisboa fechou com o índice PSI-20 em alta de 26,61 pontos, ou 0,26%, aos 10.117,49 pontos, maior nível em cinco anos. Portugal Telecom subiu 1,4%. As informações são da Dow Jones.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.