Principais bolsas européias fecham em alta

As principais bolsas de valores da Europa fecharam em leve alta hoje, com os mercados buscando direção na ausência de indicadores econômicos importantes; a baixa dos preços do petróleo contribuiu para que os índices encontrassem um patamar. Em Estocolmo, as ações da Volvo subiram 5%, depois de o jornal Dagens Industri dizer que o investidor sueco Thomas Sandell está tentando reunir investidores que tenham interesse em fazer uma oferta pela empresa. Na Bolsa de Londres, o índice FT-100 fechou em alta de 3,8 pontos (0,06%), em 5.900,4 pontos. As ações das mineradoras subiram, em reação às altas dos preços dos metais e à elevação da recomendação da Morgan Stanley para Anglo American (Anglo American +1,98%, Antofagasta +0,87%, BHP Billiton 1,17%, Kazakhmys +1,06%). As do setor de petróleo fecharam em direções divergentes (BP +0,16%, Shell -0,86%). O índice CAC-40, da Bolsa de Paris, fechou em alta de 7,53 pontos (0,15%), em 5.144,84 pontos. As ações da Publicys subiram 1,78%, depois de elevação de recomendação por analistas. As da Renault, que tem uma participação de 20% na sueca Volvo, avançaram 2,72%. As da Total recuaram 0,84%, em reação à baixa dos preços do petróleo. O índice Xetra-DAX, da Bolsa de Frankfurt, fechou em alta de 20,57 pontos (0,35%), em 5.833,51 pontos. Os indicadores divulgados nos EUA "parecem confirmar o que os dados anteriores já indicavam, que uma elevação das taxas de juro pelo Fed já não é provável", comentou um operador. Para ele o DAX tem nível de suporte em 5.741 pontos e de resistência em 5.850 pontos. Na Bolsa de Milão, o índice S&P-Mib fechou em alta de 166 pontos (0,44%), em 37.501 pontos. Os volumes foram reduzidos, por causa das férias de verão. As ações da seguradora Generali subiram 1,57%, em reação ao informe de resultados da Zurich Financial. As da Banca Popolare Italiana recuaram 0,6%, depois de o Banco Popolare Verona-Novara negar informes de que estaria fazendo uma oferta de aquisição. As da ENI caíram 0,98%, em reação à baixa dos preços do petróleo. O índice Ibex-35, da Bolsa de Madri, fechou em alta de 41,90 pontos (0,35%), em 12.087,80 pontos. Foi o quarto pregão consecutivo de alta na Bolsa espanhola. As ações do BBVA subiram 2,14%, depois de superarem níveis técnicos importantes e em meio a especulações sobre uma fusão. As da Gas Natural recuaram 0,61%, acompanhando as baixas de outras ações do setor. Na Bolsa de Lisboa, o índice PSI-20 fechou em baixa de 13,28 pontos (-0,13%), em 9.877,70 pontos. As ações da Portugal Telecom caíram 0,81%, as da Energias de Portugal recuaram 0,62% e as do Banco Comercial Português fecharam no mesmo nível de ontem. As da Altri subiram 7,04%, refletindo expectativa positiva em relação ao setor de papel e celulose. As informações são da Dow Jones.

Agencia Estado,

17 de agosto de 2006 | 14h30

Tudo o que sabemos sobre:
finanças

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.