Principais mercados asiáticos fecham em alta nesta 6ª

Hong Kong registrou alta moderada nesta sexta-feira, liderada pelos papéis da China Mobile. Os traders estão ajustando seus portfólios em antecipação ao novo método de ponderação do Hang Seng, que irá aumentar o peso da empresa no índice. O principal índice da bolsa fechou em alta de 0,3%. A Bolsa chinesa fechou em alta, com a valorização de ações de empresas altamente capitalizadas, em razão das expectativas de que a nova China Financial Futures Exchange irá usar o índice Xangai Shenzhen 300 para seu contrato de índice futuro. O Xangai Composto subiu 0,4% e o Shenzhen Composto teve alta de 0,1%. China Vanke subiu 1%. China Petroleum & Chemical avançou 1,4%. A moeda chinesa caiu e no fim do dia o dólar subia para 7,9495 yuans no sistema automático de preços, de 7,9410 yuans de quinta-feira. Após três dias seguidos de baixa, Taiwan fechou em ligeira alta nesta sexta-feira, liderada por fabricantes de monitores e led (dispositivo semicondutor emissor de luz, na abreviatura em inglês), com a diminuição das preocupações sobre os protestos que pedirão a deposição do presidente Chen Shui-bian, previstos para começar sábado. O Taiwan Weighted teve alta de 0,1%. ?Alguns investidores acreditam que os protestos do final de semana serão pacíficos?, disse Matthew Ryan, trader da Macquarie Securities. AU Optronics subiu 0,5% e Chi Mei Optoeletronics avançou 1,1%. Everlight Electronics registrou aumento de 3,3%. O mercado sul-coreano registrou alta, liderado por papéis de empresa de transporte e construção. As compras feitas por investidores institucionais também estimularam os negócios. Investidores estrangeiros, porém, realizaram lucros, limitando os ganhos. O índice Kospi encerrou o dia em alta de 0,3%. A Bolsa de Manila fechou hoje em queda, com a decisão dos investidores de realizar lucros, após alta acumulada de 4,7% nos últimos seis pregões. O PSE Composto caiu 1,1%. Uma nota divulgada na quarta-feira pela Bolsa pode também ter influenciado as vendas. Neste dia, a Bolsa advertiu investidores sobre uma súbita alta de papéis de empresas listadas. E afirmava que estava pronta para exercer seus poderes de agente regulador para assegurar a proteção de investidores, das empresas listadas e dos demais participantes. Global Equities caiu 9,7%. Multitech Investments teve baixa de 40%. A blue chip Philippine Long Distance Telephone Co. sofreu queda de 1,3% e Ayala Corp. caiu 2,1%. Já Banco de Oro subiu 1,3% e Megawolrd avançou 3,3%. A Bolsa de Sydney registrou queda nesta sexta-feira, mas os resultados dos demais mercados asiáticos, especulações sobre oferta de compra de uma grande empresa e a procura por papéis do setor de defesa fizeram com que a Bolsa recuperasse boa parte das perdas registradas durante o pregão. O S&P/ASX 200 fechou em baixa de 0,2%. DVC Group subiu 17% depois que a empresa confirmou ter recebido propostas de compra. O Índice Composto de 100 blue chips da Bolsa de Kuala Lumpur (Malásia) encerrou em alta de 0,09%. O Strait Times, da Bolsa de Cingapura, teve ganho de 0,19% e o JSX Composto, da Bolsa de Jacarta (Indonésia), perdeu 0,26% no pregão de hoje. As informações são da Dow Jones.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.