Produção de minério da Rio Tinto sobe 10% no 1ºsem/14

A mineradora Rio Tinto produziu volumes recordes de minério de ferro em seu primeiro semestre fiscal, após uma expansão de vastas minas na Austrália, mesmo com a queda contínua do preço da commodity.

AE, Agência Estado

15 de julho de 2014 | 21h32

A Rio Tinto informou que produziu 139,5 milhões de toneladas de minério de ferro de janeiro a junho, uma alta de 10% ante o mesmo período do ano anterior. Os seus embarques subiram 20%, para 142,4 milhões de toneladas.

"Nossa expansão de minério de ferro continua a apresentar crescimento de alta margem, que reforça a nossa posição como um produtor de baixo custo", relata o documento com o detalhamento da produção do semestre arquivado na Bolsa de Sydney, assinado pelo presidente da companhia, Sam Walsh.

A Rio Tinto está apostando que a demanda chinesa por minério de ferro continuará forte, ajudada em parte pelos gastos do governo em projetos que necessitam de grandes quantidades de aço, como ferrovias e aeroportos.

Mas esse otimismo não é compartilhado por operadores do mercado. Vários gestores de fundos recentemente cortaram as suas participações de ações de mineração - entre as quais os papéis da Rio Tinto -, por preocupações sobre um excesso de oferta de minério de ferro. Fonte: Dow Jones Newswires.

Tudo o que sabemos sobre:
AustráliaMinério de FerroRio Tinto

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.