Profarma: limite do capital autorizado passa a R$ 1,1 bi

A Profarma informou que foi aprovado o aumento do limite do capital autorizado, passando de R$ 500 milhões para R$ 1,1 bilhão. A aprovação ocorreu em assembleia geral extraordinária realizada hoje.

KARIN SATO, Agência Estado

18 de julho de 2014 | 17h13

Com essa mudança, foi alterado o estatuto social da Profarma: "A Companhia está autorizada a aumentar o capital social até o limite de R$1.100.000.000,00, incluídas as ações ordinárias já emitidas, independentemente de reforma estatutária, sem guardar proporção entre as ações já existentes".

Tudo o que sabemos sobre:
Profarma

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.