Profarma marca 2ª estréia da semana e inaugura setor

O ritmo das ofertas de ações e aberturas de capital continua bastante forte. Em plena reta final das eleições presidenciais, a Profarma marca hoje a segunda estréia da semana no Novo Mercado da Bovespa, depois do lançamento de papéis da incorporadora Brascan. Além disso, inaugura mais um setor novo no mercado de capitais brasileiro: distribuição de medicamentos. A empresa levantou R$ 349 milhões em uma operação primária e secundária. As ações foram colocadas a R$ 22,50, praticamente no meio da faixa de preços estabelecida, entre R$ 18 e R$ 24. Nos primeiros negócios de hoje, os papéis da empresa eram negociados a R$ 25, com alta de 11%. A empresa, que está entre as cinco maiores distribuidoras brasileiras de produtos farmacêuticos, tem atuação em quatro regiões brasileiras e comercializa cerca de 13 milhões de unidades por mês, entre medicamentos genéricos e produtos de referência. Os recursos serão usados para reduzir o endividamento bancário, reforçar o capital de giro e, eventualmente, para aquisição de outras empresas. Executivos da companhia participaram da abertura do pregão hoje, às 10 horas na Bovespa. Dessa forma, sobe para 88 o número de companhias que participam dos segmentos especiais da Bolsa paulista, sendo 39 no Novo Mercado, 13 no nível 2 e 36 no nível 1.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.