Quadro externo volta a derrubar Ibovespa

O Ibovespa encerrou a terça-feira em forte queda de 2,43%, aos 37.422 pontos, com volume financeiro vigoroso de R$ 3,15 bilhões. Ontem, a bolsa já havia despencado 2,26%. A alta do juro dos Treasuries nos EUA abriu nova oportunidade de realização de lucros na Bovespa, ampliando o movimento de ajuste de preços da véspera. Na mínima, a bolsa chegou a cair 3,19%, para 37.130 pontos. A queda da Bovespa foi puxada pelas vendas de investidores estrangeiros. "Estão vendendo todos os papéis, com receio de novos aumentos de juro nos EUA", disse uma fonte. Nos últimos dias, com a divulgação de dados mais robustos da economia norte-americana, os investidores passaram a enxergar maior probabilidade de que o Banco Central (BC) norte-americano (Fed) eleve a taxa de juro para 5% ao ano até meados do ano, o que está acendendo o sinal de alerta dos investidores no mundo todo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.