Queda do petróleo não reflete fundamentos do mercado, diz chefe da Opep

A drástica queda vista nos preços do petróleo desde meados do ano não reflete os fundamentos do mercado, mas é possível que as cotações não se recuperem antes do primeiro semestre do próximo ano, afirmou neste domingo o secretário-geral da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep), Abdalla Salem el-Badri.

Estadão Conteúdo

21 Dezembro 2014 | 11h01

"Esse declínio nos preços não é reflexo de mudanças nos fundamentos, mas há pânico, há informações de má qualidade", disse El-Badri durante conferência sobre energia em Abu Dabi.

Segundo El-Badri, os preços vão se recuperar, mas a Opep não acredita que isso acontecerá antes do fim do primeiro semestre de 2015.

"Espero que não percamos o foco. Devemos investir. Isso é necessário. Se não investirmos, os preços vão subir cada vez mais e, talvez, chegaremos à situação que vimos em 2008, porque no passado nós não investimos", disse o comandante da Opep.

El-Badri também comentou que o preço de equilíbrio do petróleo para produtores de xisto é de cerca de US$ 80 por barril. Fonte: Dow Jones Newswires.

Mais conteúdo sobre:
mundopetróleoOpep

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.