Ranking: AES projeta alta de 3,5% no consumo de energia

A AES Tietê e a Eletropaulo mantiveram suas projeções para o crescimento do consumo de energia, após a divulgação do resultado do PIB do primeiro trimestre, com variação positiva de 1,4% ante o período imediatamente anterior e de 3,4% em comparação com os três primeiros meses de 2005. Para este ano, o presidente das empresas, Eduardo Bernini, calcula um aumento do PIB de 3% e de 3,5% no consumo de energia na área de atuação da distribuidora, a Região Metropolitana de São Paulo. Neste cálculo estão incluídos tanto os consumidores cativos como os livres. O executivo não fez projeções para o crescimento do consumo de energia no País como um todo. "O maior destaque na nossa região é o segmento residencial, que cresceu 6% no acumulado de 12 meses", disse Bernini. Esse segmento vem crescendo puxado pelo bom desempenho do setor imobiliário, mas também por um certo relaxamento na mudança de hábito adquirida no período de racionamento de energia, que levou o consumo a níveis muitos baixos. "Só agora voltamos ao patamar de antes do racionamento", afirmou Bernini. O executivo participa hoje do evento Destaque Empresas, realizado pela Agência Estado para premiar as melhores companhias abertas de 2005.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.