Ranking: Barbosa diz que Brasil tem de crescer mais que outros países

O diretor-executivo de Finanças da Companhia Vale do Rio Doce, Fábio Barbosa, classificou como positivo o crescimento do Produto Interno Bruto anunciado ontem de 1,4%, mas ressaltou que ainda há oportunidade para crescer mais. Segundo o executivo, se o Brasil quiser mudar sua posição mundial, o País tem de crescer mais do que o resto do mundo. Ele lembrou, no entanto, que países como a Índia e a China cresceram 9,3% e 10%, respectivamente, no primeiro trimestre. Barbosa destacou ainda o crescimento dos Estados Unidos, na casa dos 4%. O diretor da Vale disse que vê de forma positiva a política de redução de juros que vem sendo adotada pelo banco central, afirmando que o mercado tem que respeitar a atuação do órgão devido aos bons resultado da economia brasileira. Segundo ele, o forte crescimento da China é sustentável e deve continuar nos próximos anos. "O país deve responder sozinho, neste ano, por 25% das vendas de minério de ferro da empresa", disse. Barbosa participa do evento Destaque Empresas, realizado pela Agência Estado para premiar as melhores companhias abertas de 2005.

Agencia Estado,

01 de junho de 2006 | 11h09

Tudo o que sabemos sobre:
ações

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.