Realização de lucros domina asiáticas; HK recua 0,2%

As realizações de lucros determinaram o resultado da maior parte das bolsas asiáticas nesta sexta-feira. Em Hong Kong, o índice Hang Seng baixou 0,2%. O mercado de ações da China foi afetado pela decepção com a estréia na bolsa da Air China. O índice Xangai Composto caiu 0,3% e o Shenzhen Composto, 0,6%. As ações da companhia aérea chegaram ao final do pregão praticamente com o mesmo preço com que foram lançadas, contrariando a expectativa do mercado, que era de uma alta de 5% a 10%. A emissão também teve um resultado mais fraco do que o de outras companhias que estrearam na bolsa da China neste ano, e que têm conseguido valorização de 50% a 80% no primeiro dia. De acordo com um analista, o desempenho dos papéis da Air China reflete as preocupações dos investidores com o setor aéreo e com o mercado em geral. O yuan teve uma leve desvalorização frente ao dólar no sistema automático de preços. A moeda norte-americana subiu para 7,9737 yuans, contra 7,9716 ontem. Na bolsa de Taiwan, o índice Taiwan Weighted fechou o pregão com um recuo de 0,2%, liderado pelas ações dos setores de produtos eletrônicos e de alimentos. A expectativa dos operadores é de que o índice retome sua tendência de alta na próxima semana. A especulação em torno de uma possível compra da rede varejista Coles Myer, em uma transação que envolveria 15 bilhões de dólares australianos, continua impulsionando a bolsa da Austrália. O pregão de hoje também foi estimulado por uma alta nos preços do cobre, devido à continuidade da greve na mina Escondida. No entanto, a realização de lucros fez com que o índice S&P/ASX 200 fechasse praticamente estável, com declínio de apenas 0,07%. BHP Billiton avançou 0,7% e Rio Tinto, 0,6%. A bolsa das Filipinas encerrou os negócios com o índice PSE Composto em baixa de 0,7%. As maiores baixas foram as das ações do grupo Ayala. Os papéis do conglomerado caíram 0,6% e os de sua afiliada Ayala Land baixaram 3,7%. A Philippine Long Distance Co. recuou 0,9%. Na bolsa sul-coreana, o índice Kospi fechou em alta de 0,3%, puxado pelas ações do setor de tecnologia, que tem previsão de bons resultados no segundo semestre. O índice composto de 100 blue chips da bolsa de Kuala Lumpur (Malásia) encerrou o pregão praticamente estável, em baixa de 0,01. O Strait Time da bolsa de Cingapura fechou em alta de 0,52%. Devido a um feriado local, a bolsa de Jacarta, na Indonésia, não operou. (As informações são da Dow Jones)

Agencia Estado,

18 de agosto de 2006 | 06h58

Tudo o que sabemos sobre:
finanças

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.