Receio com credibilidade dos testes gera apreensão nos mercados

Para alguns analistas, há buracos na estrutura dos testes

Danielle Chaves, da Agência Estado,

23 de julho de 2010 | 13h49

Preocupações com a credibilidade dos resultados dos testes de estresse dos bancos europeus parecem estar limitando qualquer reação do euro. O nervosismo também parece claro nos mercados de bônus, com os contratos futuros dos papéis do governo da Alemanha - considerados os mais seguros na Europa - atingindo o preço mais baixo deste mês.

 Às 13h40 (de Brasília), o contrato de bônus alemães para setembro operava na mínima de 127,86, enquanto o euro caía para US$ 1,2818, de US$ 1,2892 no fim da tarde de ontem. "O mercado está mostrando suspeitas sobre a credibilidade", disse Brian Dolan, estrategista da Forex.com. "Alguns dos bancos que passaram nos testes ainda são muito suspeitos", acrescentou.

Buracos na estrutura dos testes de estresse merecem atenção, segundo Win Thin, analista de câmbio do Brown Brothers Harriman. "Nós não sabemos de nenhum analista que acredite que a Grécia pode evitar uma reestruturação da dívida", afirmou.

"Faz sentido assumir que (os bônus) serão integralmente pagos ao par se forem mantidos até o vencimento?", questionou, argumentando que ignorar isso claramente significa que uma imagem verdadeira dos balanços financeiros dos bancos não será obtida.

As informações são da Dow Jones.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.