Receio com Espanha limita desempenho do euro

O euro sofreu pouca alteração ante o dólar nesta terça-feira, sustentado em parte pelo êxito de um leilão de bônus da Espanha, mas continuou sob pressão dos temores de que uma nova venda de títulos volte a provocar turbulência nos mercados.

RICARDO GOZZI, Agencia Estado

17 de abril de 2012 | 19h16

A Espanha leiloou hoje 3,2 bilhões de euros em títulos com vencimento em 12 e 18 meses pouco acima da meta, mas ainda a um custo elevado. Os investidores também foram acalmados por dados como o sentimento do consumidor alemão, que excedeu as expectativas dos analistas.

Os dados positivos na Europa alimentaram o apetite por risco, beneficiando as ações apesar de números ruins sobre o mercado de construção e a produção industrial dos Estados Unidos.

A alta do euro, porém, acabou limitada pelos temores em relação a um leilão no qual a Espanha pretende vender, na quinta-feira, títulos com vencimento em dois e dez anos.

No fim da tarde, em Nova York, o euro era negociado a US$ 1,3125, de US$ 1,3142 ontem, e a 1,2014 de euros por franco, de 1,2021 de euros. O iene estava cotado a 80,85 por dólar, de 80,40 ienes por dólar na última sessão, e a 106,04 por euro, de 105,63 ienes por euro ontem. A libra estava em US$ 1,5926, de US$ 1,5899 ontem. O dólar estava em 0,9152 franco suíço, de 0,9147 franco ontem. As informações são da Dow Jones. )

Tudo o que sabemos sobre:
euroEspanha

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.