Receita com linha fixa da SonaeCom deve subir até 21% ao ano até 2010

A SonaeCom SGPS anunciou estimativa de crescimento de 19% e 21% ao ano nas vendas de sua unidade de linha fixa até 2010, ficando entre 319 milhões de euros e 354 milhões de euros (US$ 453,2 milhões). Para 2006, o grupo estima receita entre 181 milhões de euros a 191 milhões de euros nas operações de telefonia fixa. No mesmo período, a SonaeCom espera elevar seu market share (participação de mercado) em banda larga dos atuais 12%-14% (previstos neste ano) para entre 20% e 22%.A SonaeCom, que lançou oferta de 11,1 bilhões de euros pela concorrente Portugal Telecom (PT), diz que a melhora na receita das operações de linha fixa será impulsionada pela oferta dos serviços conhecidos como "triple-play": com acesso a internet, chamadas de voz e televisão.Durante apresentação da estratégia da empresa para banda larga, a SonaeCom afirmou que vai se concentrar em dois pilares estratégicos entre 2006 e 2010: extensão de sua cobertura e liderança de produtos.A SonaeCom pretende ampliar sua rede ADSL2 para 60% da população portuguesa até 2010 e continuar investindo no aperfeiçoamento de sua tecnologia. No entanto, a companhia anunciou que os investimentos possivelmente serão reduzidos no período, com despesas anuais estimadas entre 26 milhões de euros e 36 milhões de euros em 2006 e de 31 milhões de euros a 40 milhões de euros em 2007. Esse montante deve recuar para o intervalo de 19 milhões de euros a 25 milhões de euros em 2010. As informações são da agência Dow Jones.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.