Recuo de HSBC limita alta na Bolsa de Hong Kong

O índice Hang Seng da Bolsa de Hong Kong fechou em alta de 0,8%, aos 20.809,23 pontos, ainda impulsionado pelo bom desempenho dos papéis da peso-pesado China Mobile, que fechou com ganhos de 2,9%. Porém, a alta do Hang Seng não foi maior devido ao enfraquecimento do banco HSBC, que está enfrentando problemas de provisionamento de recursos. As ações da instituição recuaram 0,2%. A imprensa britânica noticiou esta semana que o banco deve tomar emprestados cerca de 14,4 bilhões de dólares de Hong Kong (US$ 1,85 bilhão) devido à deterioração da qualidade de seus ativos no Reino Unido. China Mobile teve novo desempenho positivo na expectativa de que a apreciação do yuan, com a terceira visita do secretário do Tesouro dos EUA, Henry Paulson, à China no mês que vem, dê impulso à companhia. Hutchison Telecommunications ganhou 2,6%; Hutchison Whampoa subiu 0,1%. A construtora New World Development fechou em alta de 1,3%. A Bolsa sul-coreana fechou com recorde de alta, estimulada pelo sentimento positivo nos mercados globais e ganhos com ações da siderúrgica Posco, de instituições bancárias e corretoras. O índice Kospi - que registrou 1.471,04 pontos durante a sessão - encerrou o dia em alta de 1%, aos 1.465,41 pontos, superando o recorde anterior de 11 de maio (1.464,70 pontos). O mercado filipino registrou queda nesta quinta-feira. O índice PSE Composto da Bolsa de Manila baixou 0,4%, em um pregão com grande volume financeiro. Investidores decidiram realizar lucros depois do recorde de dez anos durante a sessão apurado ontem. As baixas taxas de juros elevaram a procura por papéis do setor imobiliário, como Ayala Land, que subiu 3%, e Robinsons Land, com alta de 1,1%. Dentre as ações que caíram, PLDT teve baixa de 0,4% - depois que seus ADRs se desvalorizaram 0,6% ontem - e SM Investments registrou queda de 1,9%. Na Austrália, o índice S&P/ASX 200 da Bolsa de Sydney registrou recorde, fechando em alta de 1,1%, aos 6.017.1 pontos. Papéis do setor bancário lideraram a alta depois que a Standard & Poor?s elevou a classificação de risco de crédito dessas instituições para AA. Lihir subiu 7,7% em razão dos comentários sobre a oferta da AngloGold. Pan Australian Resources avançou 14% por causa das especulações sobre a compra da empresa. Na Malásia, o índice composto de 100 blue chips da Bolsa de Kuala Lumpur encerrou a sessão em baixa de 0,13%, aos 1.276,52 pontos; o Strait Times da Bolsa de Cingapura recuou 0,14%, aos 3.288,85 pontos. Na Bolsa de Jacarta (Indonésia), o índice JSX Composto fechou em baixa de 0,45%, aos 1.808,44 pontos. As Bolsas da China e de Taiwan não funcionam em razão do feriado do Ano Novo Chinês. As informações são da Dow Jones.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.