Refinaria Premium da Petrobras deve custar US$ 5,5 bi

O custo da refinaria Premium, próximo empreendimento da Petrobras na área de refino após a conclusão da Refinaria Abreu e Lima, em Pernambuco, deverá ser de US$ 5,5 bilhões, segundo informou hoje o diretor de Abastecimento da estatal, Paulo Roberto Costa. Ainda sem localização definida, a refinaria Premium será a maior da empresa, com capacidade para processar 500 mil barris de petróleo por dia e foco na produção de diesel e gasolina com baixo teor de emissões de enxofre.Segundo Costa, a unidade deverá entrar em operação em 2014, levando o Brasil à auto-suficiência na produção de diesel, hoje o combustível mais importado pela estatal. O diretor da Petrobras confirmou que a companhia trabalha para antecipar o início das operações da Refinaria Abreu e Lima para o final de 2010, atendendo a pedidos do governo de Pernambuco. Inicialmente, a inauguração da refinaria estava prevista para o final de 2011. "Assim como o Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), criamos aqui dentro o PAR, Programa de Aceleração da Refinaria. Nossa equipe está trabalhando em maneiras de agilizar a obra", afirmou.A Refinaria Abreu e Lima vai processar 200 mil barris por dia, metade em óleo venezuelano. Segundo Costa, as primeiras licenças para a instalação da unidade devem sair em quatro meses. O executivo informou que a conclusão da fase de negociações do empreendimento com a estatal venezuelana PDVSA depende de acordos sobre negócios da Petrobras na Venezuela, como os projetos de produção de petróleo e gás no Orinoco e em Mariscal Sucre, que são negociados como contrapartida ao projeto.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.