Repsol começa a explorar Malvinas em Novembro; Petrobrás participa de consórcio

Estatal brasileira tem participação de 33% no consórcio de exploração

Marcílio Souza, da Agência Estado,

25 de fevereiro de 2010 | 10h02

A petroleira espanhola Repsol planeja começar a perfurar na bacia das Malvinas em novembro ou dezembro, disse o chairman do grupo, Antonio Brufau, nesta quinta-feira.

A perfuração vai ocorrer em águas profundas da plataforma continental argentina, mais próximas do continente do que das ilhas e em águas territoriais da Argentina, disse o diretor-geral da Repsol Argentina, Antonio Gomis.

A Repsol, por meio de sua unidade YPF, é a operadora líder na perfuração, com uma fatia de 33%; a Petrobras e a Panamerican Energy detêm cada uma um terço do consórcio de exploração. As informações são da Dow Jones.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.