Resgate de papel cambial soma US$ 233 mi até dia 16

O chefe do Departamento de Operações do Mercado Aberto (Demab) do Banco Central, Ivan de Oliveira Lima, informou hoje que o Banco Central fez um resgate líquido de títulos cambiais em maio até ontem no valor de US$ 233 milhões. Com isso, segundo ele, a posição em câmbio na dívida mobiliária interna deve continuar ativa este mês, mas será um pouco menor do que a registrada em abril. Conforme Lima, não há novos vencimentos de swap reverso ou título cambial previstos para este mês. Os próximos vencimentos acontecerão no início de julho, mas não informou o valor. Segundo ele, no ano, o resgate líquido de títulos cambiais pelo Banco central somou US$ 12,5 bilhões. Ele também disse que no momento, o BC avalia que as condições de mercado não são apropriadas para o uso dos contratos de swap cambial reverso (nos quais o BC fica "comprado" em dólar). No entanto, não quis ser taxativo sobre a possibilidade de o Banco Central voltar a usar este mecanismo em maio. "Como sempre são instrumentos que estão à disposição do BC e podem voltar a ser usados a qualquer momento, dependendo das condições de mercado", disse.

Agencia Estado,

17 de maio de 2006 | 12h49

Tudo o que sabemos sobre:
finanças

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.