Ritmo de ingresso de capital externo na Bolsa diminui

O ritmo do ingresso de capital externo na Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) diminuiu entre os dias 16 e 20 de maio em relação às duas primeiras semanas do mês. Na terceira semana de maio, as entradas líquidas dos investidores estrangeiros na Bolsa somaram R$ 200,346 milhões, frente aos R$ 636,829 milhões na segunda semana do mês, e dos R$ 510,594 milhões da primeira.

FÁTIMA LARANJEIRA, Agencia Estado

24 de maio de 2011 | 11h32

Na última sexta-feira, quando o índice Bovespa (Ibovespa) fechou em alta de 0,37%, aos 62.596,52 pontos, com giro financeiro de R$ 11,675 bilhões, os investidores estrangeiros retiraram R$ 77,270 milhões líquidos da Bolsa. Com compras de R$ 34,079 bilhões e vendas de R$ 32,731 bilhões em maio, até o dia 20, o saldo de capital externo na Bolsa está positivo em R$ 1,347 bilhão no mês. No ano, os resgates superam a entrada de capital externo na Bovespa em R$ 2,322 bilhões.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.