Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

Rosneft assina acordo de US$ 1,5 bilhão com a BP

A empresa russa do setor de petróleo Rosneft, cujo executivo-chefe foi colocado na lista de sanções em meio a crise na Ucrânia, assinou um acordo precificado em US$ 1,5 bilhão com a BP.

Agência Estado

27 de junho de 2014 | 10h28

O acordo assinado diz respeito a um contrato de cinco anos para o fornecimento de derivados de petróleo, com a possibilidade de substituição por óleo, de até 12 milhões de toneladas para a BP. As entregas no valor de, pelo menos, US$ 1,5 bilhão serão feitas com base em pagamentos antecipados.

"A Rosneft amplia e fortalece a cooperação mutuamente benéfica com a BP", disse o CEO da Rosneft, Igor Sechin, que foi colocado na lista de sanções dos EUA em abril. Após a anexação da região Crimeia por Moscou, em meados de março, e sanções de países ocidentais contra várias pessoas próximas ao presidente russo, Vladimir Putin, algumas empresas sediadas nos Estados Unidos tentaram se distanciar da Rússia. Com sede no Reino Unido, a BP, que é dona de uma participação de 19,75% na Rosneft, já havia assinado novos acordos com a empresa russa desde o anúncio das sanções norte-americanas.

"Esta transação abre novas oportunidades para ambas as empresas. Fornece a BP com uma cadeia de fornecimento estável e qualidade garantida de produtos petrolíferos, e permite que a Rosneft apoie a alta rentabilidade de suas atividades de vendas e adquira recursos financeiros adicionais", afirmou Sechin. A Rosneft disse que o abastecimento pode começar em julho. Fonte: Dow Jones Newswires.

Tudo o que sabemos sobre:
RosneftBP

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.