Russas Rosneft e Novatek poderão receber ajuda estatal

As gigantes russas de commodities Rosneft e Novatek poderão receber ajuda financeira estatal para investimentos em infraestrutura, disse neste sábado o ministro de Finanças da Rússia, Anton Siluanov. O governo atua para proteger suas maiores companhias das sanções ocidentais.

Estadão Conteúdo

13 de setembro de 2014 | 10h10

Os EUA e a Europa colocaram diversas empresas russas, incluindo Rosneft e Novatek, em uma lista de sanções, visando forçar Moscou a se retirar do conflito no leste da Ucrânia. As medidas limitam o acesso das companhias a empréstimos no exterior, onde o financiamento costuma ser bem mais barato.

Siluanov afirmou que parte do Fundo de Bem-Estar Nacional de US$ 85,3 bilhões pode ser dada a grandes companhias que enfrentam acesso restrito a fundos ocidentais. Segundo ele, Rosneft e Novatek podem ser as primeiras da fila para receber esse financiamento.

A Rosneft, maior produtora de petróleo do país, disse há um mês precisar de 1,5 trilhão de rublos (US$ 39,7 bilhões) em ajuda do governo para superar as sanções ocidentais.

O governo russo e o banco central do país disseram que as sanções já afetaram a economia. O Banco da Rússia cortou sua previsão de crescimento do país para este ano e disse que a Rússia está a caminho de registrar o menor crescimento em uma década - excluindo o ano de 2009, quando a economia sofreu contração devido à crise global. Fonte: Dow Jones Newswires.

Tudo o que sabemos sobre:
Rússiasançõesempresas

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.