Rússia fará road show em Nova York em abril para emissão de eurobônus

 País tem mais de US$ 400 bilhões em reservas e baixa dívida soberana

Danielle Chaves, da Agência Estado,

19 de março de 2010 | 11h13

A Rússia vai realizar um road show para sua primeira oferta de bônus soberanos em mais de uma década nos dias 21 e 22 de abril em Nova York, informou o ministro de Finanças russo, Alexei Kudrin, segundo agências de notícias locais. Kudrin não falou sobre onde ou quando haverá um possível road show na Europa, nem informou quando a emissão será realizada.

 

O Ministério de Finanças russo afirmou que uma primeira tranche, coordenada por Barclays, Citigroup, Credit Suisse e VTB, de entre US$ 3 bilhões e US$ 5 bilhões, acontecerá em algum momento neste ano. Embora a Rússia tenha planejado inicialmente ir aos mercados para levantar cerca de US$ 17,8 bilhões neste ano, os preços do petróleo mais altos podem reduzir significativamente o montante pretendido.

 

A Rússia está recorrendo aos mercados de bônus com a primeira oferta de eurobônus desde 1998 para tampar buracos no orçamento, que deverá ter déficit de 6,8% do Produto Interno Bruto (PIB) neste ano. O país tem mais de US$ 400 bilhões em reservas e baixa dívida soberana.

 

No último mês, uma série de companhias russas emitiram eurobônus, como Alfa Bank, VTB, Banco de Moscou e, mais recentemente, o Banco Agrícola Russo, que vendeu mais de US$ 3 bilhões em dívida total. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
Rússia, road show, eurobônus

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.