Sabesp fará planejamento estratégico em 90 dias

A Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp) fará a revisão de seu planejamento estratégico nos próximos 90 dias, informou hoje o recém-empossado presidente da empresa, Gesner Oliveira. "Vamos adaptar os indicadores da Sabesp ao programa do governo eleito (de José Serra, PSDB), que precisa ser cumprido." Segundo Oliveira, o saneamento está entre as 10 prioridades do governo estadual.A revisão da estratégia visa simplificar o número de metas, tornando o planejamento mais operacional. "Temos de buscar uma referência internacional de custos e vamos procurar trazer os custos da Sabesp para essa referência." Segundo o executivo, a companhia vai estabelecer diretrizes para a expansão da remuneração, com base no desempenho e cumprimento das metas."O governador Serra disse que esperava a ampliação dos limites dentro do possível, e o saneamento faz parte disso. Há uma carência muito grande no setor, e os recursos são escassos", disse.Ele acrescentou que a Sabesp precisa se preparar para ser uma empresa regulada, o que exigirá uma "revolução cultural". Oliveira destacou que a Sabesp é a maior empresa de saneamento da América e a terceira maior do mundo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.