Sadia desiste de comprar a Perdigão

A Sadia decidiu revogar definitivamente a oferta pela Perdigão. Em fato relevante enviado à Comissão de Valores Mobiliários (CVM), a empresa informa que tomou a medida "tendo em vista as reiteradas recusas manifestadas por acionistas integrantes do grupo de controle" da empresa, juntamente com WEG Participações e Serviços, Perdigão Sociedade de Previdência Privada e Fundo de Investimento em Títulos e Valores Mobiliários - Librium. Esses acionistas detêm em conjunto 55,38% do capital da Perdigão.A oferta hostil da Sadia pela Perdigão deixou o mercado confuso e recheado de especulações acerca da operação esta semana. Após a primeira recusa dos acionistas da Perdigão, a Sadia havia elevado sua proposta ontem, em 4%, de R$ 27,88 para R$ 29,00 por ação. Mas hoje, pouco antes da abertura do pregão da Bolsa de Valores de São Paulo, a rival já anunciara nova rejeição formal à oferta.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.