Samello dá férias e calçados Pontual fecha as portas

A crise do setor calçadista de Franca, na região de Ribeirão Preto (interior de SP), atingiu a pequena empresa Pontual, que desde o dia 12 fechou as portas, deixando cerca de 50 desempregados. A fábrica garantiu que vai quitar os direitos trabalhistas nos próximos dias.Também a Samello enfrenta problemas: pela terceira vez este ano, dispensou por uma semana seus 650 funcionários. Eles só devem retornar ao trabalho no dia 23, após o pagamento dos salários de setembro, prometido para sexta-feira. O Sindicato dos Trabalhadores das Indústrias de Calçados de Franca diz que as duas empresas enfrentaram problemas de gestão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.