Sem a referência de Wall Street, Bovespa opera em ritmo lento

Às 15h50, o principal índice da Bolsa registrava baixa de 0,45%, aos 64.006 pontos

Beth Moreira, da Agência Estado ,

30 de maio de 2011 | 12h41

A Bovespa opera em ritmo lento nesta segunda-feira, 30, de pouco fluxo, sem a referência de Wall Street, onde as bolsas estão fechadas em razão do feriado do Memorial Day, e do Reino Unidos, sem operações por conta do feriado bancário de primavera em Londres. Às 15h50, o principal índice da Bolsa registrava baixa de 0,45%, aos 64.006 pontos. O giro era de R$ 1,17 bilhão, com projeção para alcançar R$ 1,76 bilhão no encerramento.

Apesar do fluxo baixo, chama a atenção hoje as direções contrárias tomadas pelas ações da Gol e TAM, com a primeira subindo 3,64%, entre as maiores altas do Ibovespa, e TAM em queda de 0,66%. Segundo operadores, o movimento reflete notícias veiculadas na imprensa internacional de que a companhia aérea chilena LAN pode procurar outro parceiro para seus planos de internacionalização, se a proposta de associação com a TAM for rejeitada por um tribunal de defesa da concorrência. Em entrevista ao jornal chileno El Mercurio, o gerente-geral da LAN, Ignacio Cueto, afirmou que poderia falar com a Gol.

Operadores avaliam que a possibilidade da fusão não se concretizar gera temor entre os investidores que estão posicionados em TAM em busca de ganhos com a operação entre as duas aéreas. "Um simples desmonte de posição pressiona os papéis", explica um profissional. Outro operador ressalta ainda, que as notícias geram um fluxo especulativo em cima de Gol.

Vale e Petrobrás

As duas empresas de maior peso da Bolsa, Vale e Petrobrás, operam em baixa. Vale PNA cede 0,27% e ON cai 0,20%. Petrobrás PN opera com perdas de 0,62% e ON com queda de 0,66%.

 CSN, por sua vez, recua 0,77%, em meio a greve dos trabalhadores da mina Casa de Pedra, em Congonhas (MG), para pressionar a empresa a melhorar a proposta de aumento salarial. A paralisação começou no último sábado. De acordo com o Sindicato Metabase Inconfidentes, a paralisação compromete cerca de 75% da produção de minério de ferro. Já a CSN afirma que a mina opera normalmente.

(Texto atualizado às 15h55)

Tudo o que sabemos sobre:
BolsaBovespaValePetrobrás

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.