Sem direção definida, Bovespa volta a operar em queda

O Ibovespa, principal índice da Bolsa de Valores de São Paulo, inverteu mais uma vez o sinal e voltou a operar em queda nesta última hora de pregão. Às 17h40, o índice cedia 0,58%, a 42.966 pontos, perdendo o patamar psicológico dos 43 mil pontos. O movimento aconteceu apesar do desempenho positivo do índice Dow Jones, da Bolsa de Nova York, que no horário citado avançava 0,19%. O S&P-500 também subia (0,10%). O Nasdaq, da Bolsa eletrônica, contudo, perdia 0,24%. A principal ação do Ibovespa, Petrobras PN, mantinha-se em alta, beneficiada pela valorização do petróleo, embora reduzida por causa do movimento geral da Bolsa. No horário citado, subia 0,24%, para R$ 41,80. Na máxima do dia, o papel foi cotado a R$ 42,40. O contrato de petróleo com entrega para abril fechou em alta de 1,86% em Nova York, a US$ 61,82 por barril.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.