S&P eleva rating de crédito da Fiat

A agência de classificação de risco Standard & Poor's elevou o rating de crédito corporativo de longo prazo da montadora italiana Fiat SpA de "BB-" para "BB". Ao mesmo tempo, a S&P confirmou o rating "B" no curto prazo. A perspectiva é estável. "A decisão reflete a forte redução da dívida da Fiat, tendências positivas no setor automotivo e melhora na lucratividade e geração de caixa do grupo", afirmou em nota o analista de crédito da S&P, Nicolas Baudouin.Os resultados do primeiro semestre confirmaram a forte recuperação da Fiat Auto e performance sólida da CNH Global (fabricante de máquinas agrícolas de construção civil do grupo) e da Iveco (de caminhões).O perfil financeiro do grupo já apresentou uma melhora significativa no segundo trimestre. A dívida líquida industrial caiu de 9,2 bilhões de euros em 30 de junho de 2005 para 3,2 bilhões de euros no final de dezembro. A tendência de redução se manteve no primeiro semestre, quando a dívida líquida recuou para 2,3 bilhões de euros - com o respaldo de 600 milhões de euros em fluxo de caixa livre.A perspectiva dos ratings, atualmente estável, pode ser revisada para positiva no curto prazo, acrescenta o analista, se o lucro comercial da Fiat Auto e o fluxo de caixa livre continuarem crescendo. As informações são da Dow Jones.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.