Setor imobiliário faz Bolsa de Tóquio subir 0,9%

A Bolsa japonesa registrou sua segunda alta consecutiva com a forte performance de empresas do setor imobiliário. As compras foram feitas em antecipação ao anúncio dos preços das terras, que ocorrerá ainda nesta semana. O Nikkei 225 subiu 153,65 pontos, ou 0,9%, para 17.163,20 pontos. ?Comparando-se com o ano passado, eu acho muito possível que os preços das terras subam em quase todas as principais cidades do Japão, não apenas nas regiões metropolitanas?, disse Akio Yoshino, economista da Societe Generale Asset Management em Tóquio. Mitsui Fudosan, a maior empresa do setor imobiliário em vendas, fechou em alta de 4%, cotada a 3,360 ienes. A subida ocorreu depois de a corretora da Goldman Sachs ter elevado o preço alvo da ação para 4,150 ienes ontem. Os papéis da Sumitomo Realty & Development registraram aumento de 2,2%. Empresas produtoras de cimento e vidro também tiveram um bom desempenho nesta terça-feira. Nippon Electric Glass subiu 2,5% após a notícia de que a empresa planeja aumentar sua produção de vidro para painéis de LCD em 20% em outubro. As produtoras de cimento receberam um impulso depois que a corretora do Credit Suisse incluiu a Taiheiyo Cement e Sumitomo Osaka Cement em seu ranking de ?outperform?. Taiheiyo teve alta de 4,7% e Sumitomo avançou 4,9%. Por outro lado, a corretora rebaixou a produtora de wafer de silicone SUMCO, de ?outperform? para ?neutro?. Os papéis da empresa caíram 3,1%. As informações são da Dow Jones.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.